Film Symphony Orchestra no Coliseu do Porto

FSO

No passado dia 10 de Março, a Film Symphony Orchestra, veio pela primeira vez a Portugal, no Coliseu do Porto, com um espetáculo de homenagem a John Williams, que é o compositor americano com mais Óscares de todos os tempos.
Foram quase três horas de concerto com as mais emocionantes bandas sonoras do cinema, para assinalar o 50º aniversário da primeira nomeação para os óscares.

null-6

A More Than Entertainment e a Tagarela Geek não podiam deixar de ir a este evento e presenciar este fantástico concerto ao vivo e por isso estamos agora aqui a partilhar convosco a nossa experiência.

Foi muito bom no geral, sem dúvida uma experiência única.
Para quem é fã de cinema, foi um privilégio ouvir algumas das melhores banda sonoras de sempre.
Sem dúvida, que uma banda sonora é uma parte importante na concretização de um filme. Uma boa banda sonora consegue nos transportar para outra realidade, a realidade do contexto do filme em questão.
E, neste concerto somos levados para outros mundos, galáxias e épocas…

O espectáculo em si foi pensado ao pormenor, desde o posicionamento da orquestra, as luzes, e o som. Também pudemos contar com o carisma do maestro que pôs o público á vontade, até dizendo umas piadas pelo meio.

O momento mais especial, foi na nossa opinião quando tocaram a marcha imperial de Star Wars, com todo o jogo de luzes a acompanhar o som, bem como os arcos dos instrumentos musicais, que se transformaram em lightsabers para tornar todo aquele momento em algo com ainda mais impacto.

Deixamos aqui a lista das bandas sonoras que foram tocadas:

Novo Documento 2019-03-20 19.52.34_1

Para terminar, gostaríamos ainda de fazer menção a uma iniciativa interessante proposta pela banda: um concurso no qual o prémio era uma viagem a Hollywood. Durante um minuto, eram tocadas alguma bandas sonoras, e o público, por uma aplicação, e num número de bandas sonoras, escolhia a correta.

Se nunca viram um concerto de uma orquestra ao vivo e gostam de música clássica, aconselhamos a que assistam a um, pelo menos uma vez na vida e então se forem apreciadores de cinema e gostarem das bandas sonoras, tentem apanhar um espetáculo deste género, porque não se vão arrepender. pena não existirem muitas iniciativas do género aqui pela cidade do Porto.

Esperemos, assim, que esta orquestra regresse ao Porto, e que outras venham também à nossa cidade, que aqui o pessoal do Norte aprecia bastante estas iniciativas.

Anúncios

Iberanime Opo 2018

iberanime

No passado domingo, dia 13 de outubro tive a oportunidade de ir ao Iberanime na cidade do Porto.

Já se tornou um (bom) hábito, já que vou a este evento desde a 1ª edição, ainda o evento era no Pavilhão Rosa Mota. Mas, o evento foi crescendo e crescendo, e melhorando.

Este ano o Iberanime foi, pela primeira vez, na Exponor em Matosinhos. Realmente, o Multiusos em Gondomar estava a começar a ficar pequeno.

A manhã começou com um passeio pelo novo espaço, que aprecio mais. Podemos andar mais á vontade pelos espaços de merchandising e gaming e existem aqueles espaços mais vazios onde podemos descansar. E, temos as habituais presenças da Embaixada do Japão, do Dojo Kendo de Braga, do Bonsai Clube do Porto… Contudo, não achei uma boa ideia de a seção da comida estar misturada com o resto das secções. E, a seção da comida continua a não ter variedade, só existe noddles.

No final da manhã, a eliminatória portuguesa do Cosplay World Masters encheu as medidas. Os concorrentes destes concursos estão cada vez melhores.

IMG_20181014_123145

E, depois, tive a oportunidade de assistir ao Q&A da cosplayer sul-coreana Pion Kim, no qual abordou questões o porquê e como começou no cosplay, que materiais mais gosta usar… Estas pequenas conversas são sempre enriquecedoras para quem quer conhecer melhor a arte do cosplay e para quem quer melhorar a sua própria técnica.

IMG_20181014_143642

Depois, foi hora do concurso de cosplay de grupo, que é sempre mais descontraído e engraçado. Eu tinha duas amigas por quem estava a torcer, BeautifulDreams e Veryxis. Posso dizer que as duas fizeram sucesso pelo evento, deslumbrando miúdos e graúdos. E, ficaram em segundo lugar.

IMG_20181014_141700_905

E, assim se passou mais um ano de Iberanime, com muita diversão, para para dances, convívio… Mal posso esperar pelo do próximo ano, um ponto é certo, nunca desilude.

Festas de Pijama

7

Quem não gosta de uma festa pijama? Aliás, o que há para não gostar? Uma noite descontraída com amigos/as a pôr a conversa em dia, assistir uns bons filmes e comer uma bela dose de guloseimas.

As bloggers e amigas Beautiful Dreams, More Than Entertainment e Tagarela Geek, juntaram-se uma noite destas e fizeram uma festa do pijama, pelo que agora em conjunto damos as nossas sugestões para uma festa do pijama memorável.

Filmes


Existem um conjunto de filmes que serão muito melhor vistos numa festa pijama e em boa companhia. Sejam por serem de terror, e não os queremos ver sozinhos/as, ou por serem de comédia, e mais divertidos vistos com alguém. Ou até se pode optar por ver trilogias, sequelas, prequelas de algum universo favorito… Sendo assim, aqui ficam algumas sugestões de filmes para serem assistidas numa festa pijama.

Comédia

1

  • BridesMaids
  • Magic Mike
  • Onde está o carro meu?
  • Rush Hour
  • The Hangover

Fantasia/ Ficção Científica

2

  • Avengers
  • Harry Potter
  • Guardians of the Galaxy
  • Star Wars
  • Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl

Terror

3

  • Halloween (1978)
  • Hereditary
  • Scream
  • The Conjuring
  • The Ring

Animação

4

  • Cowboy Bebop The Movie
  • Despicable Me
  • Finding Nemo
  • Madagascar
  • Tangled

Animação/Divertimento (jogos)


Como a festa ainda vai a meio, depois de assistir um filme ou dois (se optarem por um de terror, vejam um mais animado a seguir 🙂 ), ainda é cedo, a noite é longa e não se pode declarar logo assim o final da festa, portanto nada melhor para descontrair do que fazer alguns jogos.

Sendo que nós somos “adultas”, seguem algumas opções nessa categoria.

Jogos de tabuleiro

Este tipo de jogos são sempre divertidos em grupo e claro que são ótimos também para acompanhar as festas de pijama, seguem alguns exemplos:

5

“Este é um jogo de cartas para pessoas que gostam de gatinhos e de explosões e de feixes de laser e, às vezes, de cabras.
Os jogadores tiram cartas à vez até que alguém tira uma carta do gato explosivo e perde o jogo”

  • Cluedo (idades: 8+, disponível também em Português)
    O jogo é decorre num tabuleiro que simula uma mansão, com várias divisões e vários objetos. O objetivo é descobrir qual, entre seis suspeitos (cujos nomes são ou lembram cores específicas), qual das seis armas e qual das nove divisões estão envolvidos num crime de assassinato.
  • Would you Rather? (idades: 10+, apenas em inglês)
    “Would you rather…” é uma brincadeira muito popular nos Estados Unidos em que duas perguntas muito loucas são feitas e têm de escolher qual das situações é a menos pior. A expressão significa “você prefere…” e funciona de um jeito parecido com “verdade ou consequência” em Portugal.
  • Cards Against Humanity (idades: 17+, apenas em inglês)
    É um jogo de festa para pessoas horríveis. Ao contrário da maioria dos jogos que possa ter jogado antes, Cards Against Humanity é tão desprezível e desajeitado quanto você e seus amigos.

O jogo é simples. A cada rodada, um jogador faz uma pergunta de um cartão preto e todos os outros respondem com seu cartão branco mais engraçado.

Aplicações móveis

Vivemos na era das tecnologias, assim sendo existe um variado leque de opções para passar um bom tempo com os amigos, deixo aqui algumas sugestões (links para a play store):

  • GuessUp – Adivinhe as Charadas (Disponível em Português do Brasil)
    Adivinhe o que sou! A única coisa que tem que fazer é tentar adivinhar a palavra que está no ecrã enquanto ouve e observa os seus amigos a representar o papel das suas vidas.
  • eTabu – Uma festa bem jogada! (Disponível em Português)
    É um jogo onde os participantes de duas equipas adivinham as palavras-chave apresentadas pelos seus companheiros, que não podem usar as palavras ou gestos proibidos.

Comida/Snacks

6

A comida é dos pontos fulcrais para uma festa pijama de sucesso. Não existe regras, nem dietas, tudo é aceitável. Esta é uma boa desculpa para os foodie-lovers para encher o bucho com comida de conforto.

Se começarmos pelo jantar recomenda-se algo fácil e que todos adoram: pão de alho, petiscos, pizza, cachorros, refrigerantes, entre outros, as opções são várias. A sobremesa não será esquecida, e pode variar entre um doce caseiro e gelado, sempre do agrado de todos.

Como é uma festa pijama que demora all night long são necessários vários suplementos para conseguirmos aguentar este ócio. Para tal, são indispensáveis chocolates, gomas (dos mais variados sabores e feitios), pipocas, bolo de chocolate, bolachas calóricas e sumos, e aqui aconselha-se algo de fruta ou chá, para desgastar o que for ingerido.

giphy

Depois destas sugestões para uma noite bem passada é só convidar os amigos/as para um plano diferente. Conforto e diversão que ninguém vai negar. Boa companhia, bom entretenimento e boa comida, o trio perfeito para o serão bem passado.

Feira Medieval – Hospitalários no km 234 do Caminho de Santiago 2018

Capa artigo feira medieval

Artigo concebido em conjunto com Tagarela Geek.

No passado fim de semana, de 6 a 9 de Setembro, o Mosteiro de Leça do Balio e a sua exposição “Monasterium km234” estiveram de portas abertas durante a Feira Medieval e nós não podíamos perder essa oportunidade para visitar a feira medieval e conhecer o interior do Mosteiro, bem como a sua primeira exposição alusiva aos hospitalários do Caminho de Santiago.

null

Mosteiro de Leça do Balio

A Feira Medieval


Há um mês atrás estivemos também na Feira Medieval de Santa Maria da Feira e apesar desta ser mais pequena em proporção, é certo que esta feira também surpreendeu pela positiva.

A entrada tem um custo de 1€ por dia, para adultos e a pulseira tem um custo de 3 euros.

Todo o espaço estava devidamente decorado, com estandartes medievais, figurantes e staff a usar roupas adequadas e até mesmo o pessoal da limpeza estava bem caracterizado. Á entrada foi-nos entregue um programa com todas as atividades a decorrer nos dias da feira, desde espetáculos de música, bailias e folias, malabaristas e acrobatas, entre muitas outras artes medievais.

Haviam imensas barraquinhas montadas com as cavalariças, falcoaria, também uma zona de mercado com as mais diversas artes, desde ferreiros, vendedores de peles, até às tabernas que tinham os mais diversos refrescos e outras de comidas deveras interessantes, a oferta era muita, difícil mesmo era escolher.

Nós por lá experimentamos uma refrescante sangria fumegante e para degustar escolhemos experimentar algo diferente dos habituais crepes e bolos típicos que por lá se encontram e provamos então um bolo chaminé, que foi uma agradável surpresa, definitivamente a repetir.

Mas, não faltaram as recriações históricas, sendo o ponto alto a recriação do casamento de D. Fernando I e D. Leonor de Teles.

Visita Guiada – O Mosteiro de Leça do Balio


A visita guiada ao Mosteiro de Leça do Balio é gratuita e está a cargo de historiadores disfarçados de frades hospitalários. Nesta visita, ficamos a conhecer a história que envolve o mesmo, desde a sua criação aos dias de hoje, e pormenores sobre a sua arquitetura e relíquias.

null5

O Mosteiro existe desde o séc. X., mas nessa altura seria ainda um pequeno cenóbio, modesto, talvez de tipo familiar. No ano de 1021, Unisco Mendes doa o mosteiro a Tudeildo, abade do mosteiro moçárabe da Vacariça, junto a Coimbra. Tudeildo terá erguido uma igreja pré- românica e algumas pedras dessa época e da anterior ainda estão dispersas, nos dias de hoje, pelo espaço exterior.

Já no séc. XII, D. Teresa doou este mosteiro à ordem militar-religiosa dos Cavaleiros Hospitalários, uma organização internacional criada no tempo da Cruzada e da Guerra Santa, cuja principal missão era não só proteger e prestar auxílio aos peregrinos. Mas, também participar nas incursões militares que tinham como objetivo recuperar a Terra Santa e Jerusalém. E, foi neste mosteiro que esta ordem teve a sua primeira casa-mãe em território português. D. Afonso Henriques doou também á ordem os terrenos que abrangiam as freguesias de Leça, Custóias, Barreiros, Gueifães e S. Mamede.

Várias figuras do passado passaram por este mosteiro, desde D. Afonso Henriques, a D. Sancho I, a Nuno Álvares Pereira. Mas, também aqui se realizou aquele que se diz ser o primeiro casamento real por amor. D. Fernando I, rei de Portugal, filho de D. Pedro I e D. Constança, depressa se apaixonou por D. Leonor de Teles quando esta visitou a corte portuguesa. D. Leonor é retratada como perversa e ambiciosa, mas, fosse verdade ou não, isso não impediu do rei de querer casar com ela.

null6

Estátua de D. Fernando I e D. Leonor de Teles

Contudo, ela já era casada. Mas, D. Fernando conseguiu a anulação do casamento ao alegar parentesco longínquo entre D. Leonor e o seu marido. Quem não gostou muito desse noivado foi o povo português, pois D. Leonor, para além de casada, era espanhola. Assim, D. Fernando “fugiu” de Lisboa com D. Leonor de Teles para norte, e decidiu casar-se com a mesma no mosteiro de Leça do Balio, em 1371. D. Leonor de Teles foi proclamada rainha, mas houve uma pessoa que se recusou a beijar-lhe a mão: D. Diniz, filho de D. Pedro I e D. Inês de Castro, meio-irmão de D. Fernando. D. Diniz teve de fugir para Castela.

Para além disso, o mosteiro desempenhou um papel importante na assistência aos peregrinos que se dirigiam ao túmulo do apóstolo Santiago em Compostela. Pois, o mesmo fica perto da antiga estrada romana, e da Ponte de Pedra, que ligava Porto e Braga.

Com as consolidação do liberalismo em Portugal no ano de 1834, as ordens religiosas foram extintas. A Igreja foi entregue à paróquia da freguesia e o mosteiro abandonado e vendido em hasta pública. No séc. XX, o mosteiro passou para a posse do Engº Ezequiel de Campos que promoveu trabalhos de restauro e remodelação. Mas, é ainda possível identificar, na quinta situada junto à igreja, elementos arquitectónicos pertencentes à estrutura do antigo mosteiro gótico.

Igreja do Mosteiro

A estrutura gótica da igreja remonta às obras de remodelação e ampliação efectuadas no séc. XIV, por iniciativa do Balio D. Frei Estevão Vasques de Pimentel.

Do mosteiro resta apenas a igreja, de planta cruciforme, ladeada por uma alta torre quadrangular, dando à igreja um aspecto de fortaleza militar. Segundo as descrições anteriores, o edifício conventual desenvolvia-se para o lado sul da igreja.

No seu interior destaca-se: a campa de Frei Estevão Vasques; uma placa de bronze, com diversos motivos decorativos; a pia baptismal e o túmulo de Frei João Coelho.

Exposição “Monasterium km234”


O nome para a exposição teve como inspiração o facto do Mosteiro de Leça do Balio, se encontrar a exactamente 234km de Santiago de Compostela, esta estará aberta para visitas até Dezembro.

Esta exposição tem como tema os hospitalários do Caminho de Santiago, uma vez que aquele espaço serviu para acolher e tratar os peregrinos que seguiam rumo a Santiago, chegando até a ser a última paragem para alguns que acabaram por ali falecer.

A exposição apresenta o Santo que dá origem à história, mostra o Caminho que é a realidade que dela decorre, revela o Peregrino que é quem a constrói e apresenta o Mosteiro, enquanto etapa portuguesa importante ao longo do tempo.

Através de uma coleção de 55 imagens artísticas e 7 obras de arte, esta exposição promove a participação dos visitantes construindo circuitos e experiências de visitas distintos.

Durante a feira medieval, tivemos uma amostra do que é a visita completa. Por isso, será um sítio a voltar para fazermos a visita guiada completa.

E, é de notar que o objetivo será desenvolver no futuro um pólo cultural, com jardins envolventes que serão intervencionados pelo arquiteto paisagista Sidónio Pardal e por Siza Vieira que criará uma escultura neste lugar.

Ainda podem realizar as visitas guiadas, que são GRATUITAS até Dezembro de 2018, de quarta a domingo nos seguintes horários:

10h; 11h; 12h; 14h; 15h; 16h; 17h

As reservas podem ser feitas através do número (+351) 916502392 ou do email info@mosteirolecabalio.com

Como chegar?

Usufrua do Shuttle Lionesa, gratuito com partida da Trindade (Porto) até ao Mosteiro de Leça do Balio e à Lionesa. Poderá utilizar, também, a linha STCP 505 com paragem no Mosteiro de Leça do Balio.

Conclusão

Foi a primeira vez que visitamos esta feira medieval, adoramos a experiência que certamente vamos repetir no próximo ano e aconselhamos a que façam o mesmo.

Comic Con PT 2018…

comic con pt

Infelizmente, este ano, devido a motivos de ordem logística, não fui à Comic Con PT.

A mudança do evento para Lisboa condicionou bastante, pois se o evento se tivesse mantido aqui no Porto, conseguiria ir, de uma maneira ou outra.

Fiquei desapontada, pois é um evento que gosto bastante e nunca tinha faltado a uma edição.

Mas, a boa notícia é que para o ano há mais, e espero lá estar.

“Diamantino” (2018)

Graças ao TvCine e Séries, tive a oportunidade de estar presente na sessão de abertura do festival de Curtas-Metragens de Vila do Conde. O filme “Diamantino” abriu as honras do festival, com uma sala cheia e com parte do elenco e produtores presentes na audiência.

 

Comédia

Realização: Daniel Schmidt, Gabriel Abrantes

Argumento: Daniel Schmidt, Gabriel Antunes

Elenco: Carloto Cotta, Cleo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Filipe Vargas…

 

Diamantino é uma estrela do futebol mundial, até que, de repente, perde todo o seu talento e se aposenta como um fracasso aos olhos da opinião pública. Assim, o ex-craque procura um novo propósito para a sua vida. Enquanto tenta adotar uma criança refugiada, um esquema maquiavélico se põe em prática contra si.

Para começar, é impossível não notar as parecenças da personagem com Cristiano Ronaldo, não só em termos físicos, mas também em alguns aspetos da sua vida familiar. Digamos que CR7 poderá ter servido de inspiração. É inegável que o futebolista é um representante de Portugal, pelo mundo fora. Ora, o mesmo acontece com Diamantino, mas levado a um extremo, chega-se mesmo a dizer que Portugal não irá existir sem Diamantino. Portugal, neste filme, existe como um regime neo-fascista, que se quer separar da União Europeia: “Make Portugal great again.”Diamantino, portanto, torna-se numa arma de propaganda. Mas, primeiro há que descobrir porque o jogador perdeu o seu talento, ele deixou de ver os cãeszinhos fofinhos. Por alguma razão, ele vê cãezinhos fofinhos quando joga. Essas cenas trouxeram um ambiente sonhador e esotérico ao filme. E, arrancou gargalhas.

Assim, este filme mistura vários elementos, da ficção científica, à política, ao patriotismo, à crise dos refugiados…Mas, também nos mostra dimensões do amor e de família. Mas, tudo isso é levado ao extremo, a um nível que nos faz rir. A sátira política está, também, bem presente no filme.

Desta maneira, a originalidade do argumento é a mais-valia deste filme, que trata assuntos sérios de uma maneira mais leviana e exagerada. Louros dos argumentistas, e também realizadores deste filme. Mas, não é isento de pequenos problemas. Por exemplo, não gostei da maneira como a relação de Diamantino e outra personagem evoluiu. E, por vezes, a audiência pode pensar que há aspetos demasiados ridículos e exagerados.

Eu gostei do elenco, desde Carloto que interpretou o inocente e gentil Diamantino até à falsa filho/a adoptada Aysha interpretada por Cleo Tavares… Apenas não gostei das malvadas e abusadoras irmãs, que eram demasiado exageradas, até para este tipo de filme.

Os restantes departamentos estiveram à altura do desafio, e ajudaram na construção deste produto cinematográfico que aglomera uma mixórdia de géneros.

O truque para desfrutar deste filme é ir de mente aberta e não levar quaisquer expectativas, pois podemos ser surpreendidos pela positiva. Um facto é certo: que nos vamos divertir e assistir a um filme peculiar e diferente.

Classificação- 3,5 em 5 estrelas

Dan Folger na Comic Con Portugal

Dan-Folger-na-Comic-Con-Portugal-2018-2

Dan Fogler, conhecido ator de teatro, cinema e televisão, protagonizou o tão aguardado filme da Warner Bros., “Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los”, protagonizou com Jennifer Aniston “Amor por Acaso”, e “Taking Woodstock” de Ang Lee e foi protagonista de “Uma Noite Desastrosa”.

O actor irá marcar presença nos dias 6 e 7 de setembro no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, dando possibilidade aos fãs de participarem nos seus painéis Q&A, tirarem fotografias e terem acesso a autógrafos.