15 Momentos Mais Marcantes de “Game of Thrones”

 

morethanentertainment2

Já se fez artigos sobre as personagens, sobre os melhores episódios, só falta rever os melhores momentos. Nesta lista, estão incluídos alguns dos momentos na série que mais me marcaram, seja pelo choque, pelo fator uau do momento, ou apenas por serem bastante emotivos.

Menções Honrosas: Daenerys mata os mestres de Astapor (3×04), Tyrion assassina o pai Tywin (4×10), Jon Snow nomeado rei do Norte (6×10), “Tell Cersei” (7×03)

15- Caminho da punição de Cersei Lannister (5×10)

game-of-thrones-season5

O High Sparrow prendeu Cersei e, agora, deixa-a voltar á Fortaleza Vermelha mas terá de fazer um caminho da expiação dos seus pecados.  Cersei Lannister é má pessoa, sem dúvida, mas neste momentos não deixamos de sentir empatia por ela. Uma provação tormentosa e humilhante, desumana. Foi um momento marcante na vida de Cersei, e a Fé, a partir daí começou  a ocupar um lugar na sua lista de inimigos.

14- Batalha de Blackwater (2×09)

Wildfire_explosion

A batalha de Blackwater foi a primeira grande batalha da série. As tropas de Stannis Baratheon estavam ás portas de King’s Landing. A sorte foi que Tyrion tinha um plano, fogo vivo. As chamas verdes consumiram grande parte da frota de Stannis, e foi uma grande perda da qual ele não conseguiu recuperar.

13- Arya extermina os Frey (7×01)

maxresdefault

No final da 6ªtemporada, Arya assassinou Walder Frey, por isso quando o vimos vivo no início da 7ª temporada achamos estranho. Seria um flashback, seria possível ele ter sobrevivido ao ataque de Arya? Nada disso. Era Arya Stark, com a cara de Walder Frey. Arya, como Walder, convocou todos os seus os parentes masculinos com a desculpa de ser uma celebração. Arya ofereceu-lhes vinho envenenado, deu-lhes um monólogo ressentido, e matou-os a todos. De uma só vez, Arya exterminou uma casa, vingando-se assim do que os Frey tinham feito á sua família. O Inverno tinha chegado á casa Frey.

“Leave one wolf alive, and the sheep are never safe.”

12- Dothraki e Daenerys vs Jaime e o Exército Lannister (7×04)

game-of-thrones-season-7-episode-4

No caminho para King’s Landing, Jaime, Bronn, os Tarly, e o exército são intercetados pelos dothraki, por Drogon e Daenerys. De longe, já se ouviam os cavalos e os gritos dos dothraki.  Eles não estavam preparados para o que ia acontecer, foi o caos, um inferno na terra. Mostrou o quão poderoso é um dragão numa batalha. Daenerys não teve piedade, matou os que não se ajoelharam. Tyrion assistia de longe, e apesar de estar preocupado com Daenerys, via-se na cara dele uma certa tristeza, pois eram também dos seus que estavam a morrer.

11-  Oberyn vs Gregor Clegane (4×08)

lead_720_405

Oberyn Martell ofereceu-se como campeão de Tyrion Lannister no momento que soube que Gregor Clegane iria ser o campeão da Coroa. Oberyn sempre procurou vingança pela morte da irmã e dos sobrinhos, que morreram ás mãos de Clegane. Oberyn era um bom guerreiro, e estava a ganhar, mas de repente tudo mudou. Ele tornou-se algo convencido e começou a exigir uma confissão por parte de Clegane. Clegane conseguiu matá-lo de uma forma horrível e chocante, espremeu a cabeça até explodir. Custou assistir á morte de Oberyn, pois era uma personagem carismática que dava outra cor a King’s Landing.

10- Night King vs Jon em Hardhome (5×08)

rei-da-noite

Jon Snow encontrava-se em Hardhome para tentar convencer o povo livre a sair dali e encontrar refúgio em Westeros, porque os mortos vinham a caminho. Mas, nesse mesmo momento o Night King e o seu exército aparecem e foi uma chacina. Foi uma batalha contra o tempo, porque muitos ainda estavam a fugir. Jon, Tormund, e mais alguns ficam para trás para ganhar tempo. E, por pouco também eles não são mortos. Foi a primeira vez que vimos bem o Night King e percebemos o seu poder, que ele consegue ressuscitar todos os mortos. Mas, também descobrimos que o aço valiriano consegue matar os white.

9- Casamento Roxo (4×02)

game-of-thrones-purple-wedding-joffrey-death-hbo

Este casamento é o remédio para o Casamento Vermelho. Joffrey e Marjaery estavam casados e a desfrutar da festa, mas Joffrey tirou algum do seu tempo para tormentar Sansa, e principalmente Tyrion. Quando abre a tarte de casamento e bebe algum vinho, Joffrey começou a sentir-se mal, e morreu. Envenenado, de forma grotesca. Ele era tão idiota, que se calhar até merecia pior. Mas, sem dúvida que foi dos momentos mais satisfatórios da série.

8- Tyrion pede julgamento por combate (4×06)

tyrion1

Tyrion estava a ser julgado por ter morto Joffrey. Testemunhas depuseram contra ele, até Shae, a sua amada. Foi aí que Tyrion cansou-se e disse tudo o que pensava e algo mais. Um discurso apaixonante no qual Tyrion descascou na própria família, e nos habitantes da cidade. Pois, a cidade aguentou tanto tempo na batalha da Baia Negra graças a si. Mas, Tyrion não recebeu louros nenhuns, apenas olhares de lado e humilhações. É aí que exige julgamento por combate. Pois, sabe que a sua sentença seria de culpado. O momento é dos melhores da série, foi bem escrito mas também é bom graças á interpretação de Peter Dinklage, que aqui mostrou todo o seu talento.

7- Ressurreição de Jon Snow (6×02)

js

A 5ª temporada acabou com Jon Snow a ser morto pelos próprios irmãos da Patrulha da Noite. Não gostamos nada, Jon é sem duvida uma das personagens mais importantes da série, um bastardo mas que conseguiu chegar a Comandante da Patrulha da Noite. E, outras conquistas os esperavam no futuro. Contudo, quando Davos pediu ajuda a Melisandre ficamos com uma certeza quase certa que o Jon Snow ia ressuscitar. E, ressuscitou. Ghost deu conta mesmo antes de Jon abrir os olhos, e nós respiramos de alívio.

6- Hold The Door (6×05)

hold

Bran e Meera estavam a tentar escapar dos white walkers, enquanto que Hodor tentava segurar uma porta para os white walkers não passarem. Bran entra na mente de Hodor, mas na mente de Hodor do passado. Hodor sacrificou-se pelos amigos, e teve uma morte de herói. Descobrir a verdade sobre o porque dele ser Hodor também não foi fácil de dirigir. Um momento de partir o coração, que nos levou ás lagrimas.

5- Explosão do Septo de Baelor (6×10)

got4

Cersei, supostamente, deveria estar presente no Septo de Baelor para o seu próprio julgamento. Ora, no Septo já estavam Margaery, Loras, o High Sparrow. Mas, Cersei tinha outra ideia. De uma vez só, ela conseguiu vingar-se de todos os seus inimigos ao explodir o septo com fogo vivo. Este acto mostrou não só a inteligência de Cersei, mas também a sua frieza e calculismo. Uma cena que durou 10 minutos, com a perfeita banda sonora de Rawin que ajudou ao escalar da situação.

4- Battle of the Bastards (6×09)

batalha-dos-bastardos-1068x600

Jon Snow e o seus aliados estavam prontos para a batalha com Ramsay Bolton, para reconquistar Winterfell. Eles tinham um plano, que foi por água baixo quando Jon viu o seu irmão Rickon a ser morto. Jon esteve em perigo várias vezes nesta batalha, tal como Tormund e Davos. Uma batalha frenética, grotesca. Mas, quando tudo parecia perdido, Sansa apareceu com Petyr Baelish e o exército do Vale. Uma batalha filmada de forma magnifica, que a tornou icónica e uma das melhores batalhas em tv e mesmo em cinema.

3- Confirmação da verdadeira identidade de Jon Snow (6×10)

140152

Bran Stark, depois de se tornar o Corvo de Três Olhos, voltou a visitar o passado. Mais especificamente a altura em que Ned reencontrou a sua irmã Lyanna. Bran assistiu ao reencontro dos dois irmãos, e ao pedido que Lyanna fez a Ned. Lyanna pediu a Ned para proteger o seu filho recém-nascido, fruto da sua relação com Raegar Targaryen. Porque esse momento foi especial? Porque confirmou várias teorias, e a principal de que Jon era filho de Lyanna e do príncipe dragão, e não o filho bastardo de Ned. No momento que nos foi mostrado o bebé, a cena depois salta para Jon. Um momento algo emocionante, que irá ter ainda as suas repercussões na temporada que irá estrear. E, também percebemos que Ned fez de tudo para proteger Jon .

2- Morte de Ned Stark (1×09)

Game-of-Thrones-GoT-Série-1

Quem assistia apenas á série, pensava que Ned Stark era o protagonista, e que iriamos seguir a sua história. Errado. Ele morreu na primeira temporada, uma morte injusta ainda por cima. Ned Stark era aquele tipo de personagem que toda a gente gostava, bom pai e marido, amigo , honrado e justo. Escolhi este momento, porque apesar de já estar morto, a figura de Ned Stark ainda está muito presente na série. E, foi a sua morte que começou a guerra, que definiu para sempre as personalidades das filhas que assistiram á sua morte… E, a sua morte mostrou-nos que estávamos a assistir a uma série diferente das outras.

1- Red Wedding (3×09)

Red-Wedding-Scene

O Casamento Vermelho foi uma tentativa de reparar as relações entre os Freys e os Starks. Robb Stark deveria se ter casado com uma das filhas de Walder Frey, mas Robb casou-se com Talia, por amor. Então, Edmure Tully foi escolhido como noivo. Parecia estar tudo a correr bem, mas de repente ouvimos a música dos Lannister “Rains of Castamere”. Caiu-nos tudo, os aliados de Stark foram assassinados, Talia foi esfaqueada, Robb foi alvejado com setas e depois morto por Bolton, e Catelyn foi degolada. Nem Grey Wind escapou á chacina. Foi brutal e horrível. Os Stark já tinham sofrido tanto e, de repente, foram chacinados num casamento e atacados á traição. Um momento que ficará para sempre na historia da tv, por ser um dos mais chocantes e mais sangrentos.

Falta uma semana para estrear a nova temporada, e as expectativas são altas. Gostava que fosse a melhor temporada de todas, para acabar em grande, mas se manter a fasquia já fico contente. Espero que no futuro, alguns dos momentos da nova temporada ganhem o seu espaço na lista de momentos mais marcantes da série.

 

 

Anúncios

TOP 15 EPISÓDIOS “GAME OF THRONES”

Artigo GOT - Top 15 eps

Depois da saga “Personagens influentes” e como ainda faltam umas semanas até a última temporada sair, decidimos continuar, desta vez com um artigo sobre os que para nós foram os melhores 15 episódios destas últimas sete temporadas. Sim, não foi nada fácil, porque esta série é recheada de bons episódios, já por isso é considerada das melhores séries de sempre. Mas, fosse pelo nosso gosto pessoal, ou pela qualidade do episódio, aqui estão os nossos escolhidos.

15) 5×10- “Mother’s Mercy”

Stannis Baratheon marcha para a batalha para reaver Winterfell dos Bolton. Cersei procura perdão e é submetida a uma humilhação pública. Jon, na Muralha, tem os seus próprios problemas, depois de ajudar o povo livre, há quem não esteja contente com essa ideia.Sansa tenta fugir das garras de Ramsay Bolton com a ajuda de Theon. Uma season finale intensa: tivemos a batalha de Winterfell que acabou mal para Stannis; Cersei viu-se numa situação que nunca antes pensou,mas foi vítima também da própria armadilha; Arya Stark riscou um nome da lista e a morte de Jon Snow ficou-nos gravada na memória, e deixou-nos na expectativa para ver o que lhe esperava.

14) 3×09 – “The Rains of Castamere”

O episódio é focado no casamento de Edmure Tully com Roslin Frey. Outras histórias abordadas incluem a separação do grupo de Bran Stark, a lealdade de Jon Snow é testada e Daenerys Targaryen planeia sua invasão da cidade de Yunkai. Mas, o porquê deste episódio estar no top, para além de ser bem realizado e bem escrito, é o choque que provoca. Este é o episódio do Casamento Vermelho, um episódio que ficará para sempre na memória dos fãs da série. Estávamos à espera de algo, mas não daquilo. Foi triste, chocante e horrível o que vimos naquele episódio, ainda por cima o que estava a acontecer aos Stark, que já tinham sofrido tanto. Será para sempre um dos momentos mais icónicos e chocantes da tv, e provocou reações bastantes fortes em todos. The North Remembers.

13) 1×07- “You win or you die”

Muitos acontecimentos tomaram lugar neste mesmo episódio. Tywin pressionou Jaime para ser o homem que ele é suposto ser enquanto se preparam para a batalha contra Catelyn Stark, que capturou Tyrion Lannister. Ned confronta Cersei acerca dos segredos que mataram Jon Arryn e revela que sabe sobre o seu segredo, que os três filhos desta não são de Robert, mas sim fruto do incesto com Jaime. Jon e Sam fazem os seus votos de fidelidade à Night’s Watch. Jorah salva Daenerys de uma tentativa de assassinato com vinho envenenado e Khal Drogo jura vingança , prometendo liderar os Dothraki para sítios onde nunca foram. Em King’s Landing, Robert que estava gravemente ferido, depois da caça ao javali ter corrido mal, numa tentativa de assassinato planeada por Cersei, acaba por morrer. E a partir daí, Ned nunca mais ficou seguro.

12) 6×05- “The Door”

“Hold the Door! Hold the Door!” ainda conseguimos ouvir os gritos intermitentes na fuga de Meera e Bran da caverna, invadida pelos White Walkers. Holdor apenas só conseguia dizer o seu nome, sempre serviu os Stark em Winterfell e acompanhou Bran na sua jornada. Neste episódio compreendemos o significado do seu nome, e a sua história. Choramos baba e ranho pela morte desta personagem que apesar de ser secundária conseguiu sacrificar-se por um bem maior. O significado das suas palavras foi finalmente ouvido.

11) 2×03- “What is dead may never die”

Ainda sem motivos para confiar em alguém, Tyrion procura utilizar a sua melhor arma, a sua inteligência, para descobrir quem merece a sua consideração no Small Council. Tyrion rapidamente percebe que está num ninho de cobras, ambiciosos por poder. Catelyn decide dar apoio ao filho na guerra ao persuadir Renly a juntar-se às suas forças. O que podia ser uma aliança favorável às duas partes. Após a ameaça a Winterfell, Theon terá de escolher o seu caminho. Juntar-se às ideias tiranas da sua família e governar Winterfell, ou juntar-se a Robb, único irmão que conheceu, na sua cruzada? Digamos que a sua escolha deixou muito a desejar.

10) 3×04 – “And now is watch is ended”

Cada peão começa a mexer-se para provar o seu poder. Jaime ainda perdido e sem mão, tenta voltar para casa a todo o custo. Cersei não está confortável com a presença da família Tyrell. Do outro lado, a Patrulha da Noite começa a ficar impaciente com a Craster que abusa das suas próprias filhas e troca os seus filhos para o outro lado da Muralha. Daenerys afirma o seu poder com a compra do exército dos Imaculados. A mãe dos dragões começa a estar preparada para uma guerra iminente.

9) 4×09 – “The Watchers on the Wall”

Jon Snow e o resto da Patrulha da Noite enfrentam o maior desafio até hoje: evitar a invasão por parte do povo livre.

8) 7×04- “The Spoils of War”

Muito aconteceu neste episódio, o mais memorável da temporada 7. Em Dragonstone, Daenerys e Jon observam os desenhos das cavernas, deixados pelas Children of the Forest (Crianças da Floresta), indicando que o First Men (Primeiro Homem) e estas lutam juntas contra os White Walkers. Em King’s Landing, a Cersei tenta obter mais investimento do Iron Bank depois de lhes assegurar que em breve a dívida será paga. A Norte, Arya volta a Winterfell, reunindo-se com Sansa e Bran, lutando contra a Brienne. Na estrada para King’s Landing, Jaime e Bronn, juntamente com os exércitos, são apanhados no ataque da Daenerys montada no Drogon e o exército Dothraki. Uma batalha frenética, e das melhores da série, como Got gosta de fazer.

7) 2×09 – “Blackwater”

A frota de Stannis Baratheon chega a King´s Landing e assim a batalha começa, sendo que quem comanda a defesa é Tyrion Lannister, que age como mão do rei, que na altura é Joffrey, que fugiu mal viu oportunidade.
Tyrion não só conseguiu pôr em ação um plano para conseguir acabar com a maior parte da frota de Stannis, envolvendo wildfire, mas também conseguiu motivar os moradores a lutar pela defesa da cidade.
Durante tudo isso, Cersei que estava convencida de uma derrota, preparou um veneno para matar-se juntamente com Tommen.
Esta foi a primeira grande batalha que a série nos preparou. Para muitos continua a ser melhor, com as batalhas serem repartidas entre terra e mar, com wildfire à mistura.

6) 4×02- “The Lion and The Rose”

Tyrion ajuda o irmão Jaime ao encontrar-lhe um novo parceiro de treino. Ramsay Bolton continua os seus jogos com Theon. Bran percebe para onde tem de seguir, em direção ao Three Eye Raven. Em King’s Landing, chega o grande dia: o casamento de Joffrey e Margaery. Durante essa celebração, percebemos mais uma vez a arrogância e mesquinhez de Joffrey, que depois ainda tira um pouco do seu tempo para humilhar o tio Tyrion. Contudo, Joffrey cai inanimado, envenenado. Se existiu uma morte celebrada em tv, foi a de Joffrey Baratheon. Momento satisfatório, ver aquela personagem que toda a gente odiava, finalmente ir desta para melhor.

5) 1×01 – “Winter is Coming”

No primeiro episódio, não podíamos imaginar a magnitude e os largos contornos que esta série iria tomar. A frase pronunciada “Winter is Coming” tornou-se o seu lema. Conhecemos a feliz família Stark que dentro de poucos episódios iria deixar de o ser. Por outro lado, conhecemos a família Lannister, que depressa percebemos que algo não bate certo na relação entre eles. Outras personagens começam a tornarem-se importantes, é o caso de Daenerys Targaryen, ainda uma inocente menina vendida aos dothraki pelo seu próprio irmão.

4) 4×06 – “The Laws of Gods and Men”

O julgamento de Tyrion chegou. Aclama-se inocente, mas as provas apresentadas estão cada vez mais próximas da sua execução. Um testemunho inesperado reage contra si. Mas, Tyrion não iria ficar em silêncio. No melhor monólogo de sempre, Tyrion diz tudo o que pensa, e não deixa nada por dizer. Estamos a ver o episódio, e é impossível não aplaudirmos Tyrion, mesmo estando a aplaudir para uma tv. Yara finalmente encontra o seu objectivo de libertar o irmão, Theon, mas quem encontra é uma pálida imagem do que foi. Daenerys tenta conciliar os seus deveres políticos com a responsabilidade social, ao conhecer Hizdar zo Loraq.

3) 6×09 – “Battle of the Bastards”

Daenerys finalmente está de volta a Meereen, no momento em que a mesma está a ser atacada. Mas, a Mãe de Dragões vai ripostar, com a ajuda dos seus fiéis conselheiros Tyrion, Greyworm e Missandei. Já em Westeros, mais propriamente em Winterfell, Jon Snow e Ramsay Bolton confrontam-se numa batalha por Winterfell e pelo Norte. Jon não tem uma tarefa fácil, mas com a ajuda de Davos, Tormund e o povo livre, e com a estratégia de Sansa de pedir ajuda ao Vale, os Stark conseguem tomar de volta a sua casa. Outra morte satisfatória, a de Ramsay Bolton, entre ele e Joffrey sinceramente, não sei qual deles o melhor. Com a realização 5 estrelas de Miguel Sapochnik, este não é só um dos melhores episódios da série, mas da tv em geral. Sequências de ação longas e realistas, que nos transportam para aquela batalha, e que nos deixam lá, sempre alerta, e com o coração nas mãos.

2) 5×08 – “Hardhome”

Uma batalha que demorou um mês a filmar e que não estava no material original, os últimos 20 minutos deste episódio foram de cortar a respiração, quando o Night’s King solta uma avalanche de mortos vivos ferozes, sobre Hardhome, uma vila dos Wildlings, quando Jon e Tormund lá estavam para convencer o resto dos Wildlings do perigo que se avizinhava. Este foi o momento que ajudou a solidificar Jon Snow como o herói final, provando que este estava certo na sua tentativa de unir as frações inimiga. Foi uma batalha muito intensa de cortar a respiração. E, na qual pudemos assistir à extensão do poder do Night King.

1) 6×10 – The Winds of Winter

 

Esperava-se uma season finale em grande, e foi mesmo isso que aconteceu. Com a música “Light of the Seven” como fundo, Cersei, Margaery, Loras, Tommem e o High Sparrow preparavam-se para o julgamento. Mas, Cersei tinha um plano bastante diferente. Em Dorne, alianças entre Tyrell e Martell são formadas. Daenerys finalmente se encaminha para Westeros com um exército de dothraki, unsullied, aliados de peso e três dragões. Já no Norte de Westeros, Jon Snow consegue uma aliança entre o povo livre, os nortenhos e os cavaleiros do Vale. E, ali, Jon é proclamado Rei do Norte.
Um episódio icónico com reviravoltas, vinganças, descobertas…O que um fã pode querer mais?

E vocês, concordam com esta lista?
Estamos ansiosas pela nova temporada, que certamente terá episódios que irão fazer parte deste top.

 

“Game of Thrones” – Personagens influentes – Parte 5

 

Artigo GOT - parte 5

Esta será a última semana de retrospectiva sobre as personagens de “Game of Thrones”. Mas, guardamos algumas das melhores para o fim: Cersei Lannister, Jon Snow e Arya Stark. Três personagens que sempre tiveram um impacto nos fãs. Sem dúvida, que as três serão importantes na última temporada e cada um terá o seu final.

Cersei Lannister

promo324259790

Mulher com punho de ferro, Cersei é uma forte personagem feminina que toma as medidas mais exigentes para sobreviver. Protetora da família e rainha. Teve três filhos, fruto do seu relacionamento incestuoso com o seu irmão gémeo Jamie. Todos com o destino traçado a morrer. Joffrey foi envenenado no seu casamento, ao que Cersei culpa o seu irmão Tyrion por tudo. A sua filha Myrcella morta como um dano colateral entre uma guerra de famílias e Tommen suicidou-se devido à pressão exigida pelo seu cargo de suserano e a falta de amor próprio. Cersei mantém boas influências e está sempre um passo à frente. Contudo não conseguiu prever o poder do High Sparrow, que surgia numa massiva ceita religiosa. Acusou Cersei de traição, incesto, manipuladora e assassina do qual durante vários dias prisioneira teve de percorrer a rua da vergonha, completamente nua enquanto era maltratada e insultada pelo povo como punição. Corrompida pela vingança e vergonha por aquilo que fizeram-lhe passar, Cersei trabalha num plano para terminar de vez com os fanáticos religiosos. Incendeia todo o espaço do julgamento. Cersei torna-se Rainha dos Sete Reinos. Engravida novamente de Jamie e acredita que aquela criança possa ser o presságio para um futuro melhor. Sem entrar em conflitos aceita encontrar-se com Daenerys e Jon Snow sobre a proposta de lutarem juntos contra os White Walkers, mas é a conversa com Tyrion que a convence. A própria fez questão de informar que estava grávida e talvez essa tenha sido sempre o seu plano para conseguir a segurança do bebé. Aceita ajudar, mas não passava de uma mentira. Mais tarde confessou a Jamie que não tinha intenções de mandar tropas. Espera que lutassem entre si, para depois atacar os enfraquecidos da batalha. Cersei joga para os dois lados, mas o mais importante para si é a sua família e o sangue Lannister. O seu destino será provavelmente a morte, esfaqueada na barriga e assim perderá o bebé. Mas quem dará o golpe final? Será Arya? Ou o irmão Jamie que trocou de lado no final da última temporada?

Jon Snow

JonSnow

Começa por ser o bastardo e renegado da família Stark e quem diria que o inicialmente tímido Jon, se iria transformar numa das personagens mais influentes e com mais impacto em toda a história?
Foi criado no castelo de Winterfell, como filho bastardo de Eddard (Ned) Stark, daí o seu último nome ser Snow, que é o nome dado aos bastardos dos nobres do Norte de Westeros. Jon adota uma das crias de lobo gigante encontradas, a única que era diferente, um lobo albino, a quem chamou.
Para escapar à sua vida como bastardo, este decide seguir as pegadas do seu tio Benjen Stark e junta-se à Patrulha da Noite (Night’s Watch), uma ordem criada para proteger a fronteira de Westeros a norte, os seus membros não podem casar e devem servir à ordem até morrer. Ao partir para a Patrulha, este ofereceu a Needle a Arya e despediu-se de todos os irmãos, incluindo Bran que estava inconsciente após a queda da torre. Em Castle Black este torna-se amigo de Samuel Tarly (Sam) e conhece o Comandante Mormont que lhe dá a Jon uma espada de Valyrian Steel, Longclaw, que seria para o seu filho Jorah que se encontra exilado. Ygritte foi o primeiro amor do Jon, apesar de no primeiro encontro destes ela o seduzir e tentar enganar, quando Jon se infiltra nos Selvagens (Wildlings), eles apaixonam-se e começam uma relação, mas Jon acabou por escolher os seus votos à Night’s Watch em vez do amor por ela. Revoltada, esta atirou-lhe três setas, mas sem conseguir ter força para o matar. Ela acaba por ser morta por Olly, na batalha em Castle Black, morrendo nos braços de Jon que ficou devastado.
Este acaba por ser escolhido como Lord Commander, no entanto é assassinado durante um motim, acabando por ser ressuscitado pela Red Priestess Melisandre. Libertado dos seus deveres da Patrulha, este junta-se à sua irmã, Sansa Stark, para construir um exército e retomar Winterfell que estava ocupado pelos Boltons, após conseguirem esta reconquista, este foi declarado o novo Rei do Norte (King of the North).
No entanto, depois de conseguir capturar com sucesso um wight (uma criatura morta-viva) e presenteá-la aos Lannisters como prova de que o Exército dos Mortos existe, Jon promete o seu exército e o próprio a Daenerys Targaryan.
Ultimamente acabamos por descobrir que afinal Jon é filho de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen, ou seja, na realidade o “pai” dele era o tio e os seus “irmãos” são primos, fazendo com que este seja também sobrinho da Daenerys Targaryen com quem acabou por se envolver, como será que ele vai reagir a esta informação nas circunstâncias em que se encontra? Será que este é o príncipe prometido? Ou será que da relação deles vai nascer o tal príncipe? Será que esta relação vai sobreviver?

Arya Stark

b3953cfddf475da3bb1707c86b4f2fbe

A pequena Arya sempre foi uma menina nobre diferente das outras, sempre gostou mais de brincar com os irmãos do que aprender a ser uma senhora. Sempre teve uma relação especial com Jon que lhe ofereceu a sua espada, a Agulha. Quando saiu de Winterfell, mal podia prever o que lhe iria acontecer. Viu o pai a ser executado, disfarçou-se de rapaz, esteve infiltrada em campos inimigos… Cruzou-se com Sandor Clegane, que à sua maneira a tentou proteger. Quando pensava que ia ser entregue em segurança à mãe e ao irmão, eles foram mortos durante um casamento, com ela à porta do castelo. Deixou Sandor Clegane para morrer, e foi para Braavos para começar o seu treino como um Faceless Man. Durante todos esses dias, recitou para a si a sua lista de pessoas de que se quer vingar. Por isso, também percebeu que não conseguia ser Ninguém, não conseguiu deixar de ser Arya Stark, a sua ligação com a família foi mais forte. Assim , parte para Westeros com um objetivo: vingar-se dos seus inimigos, todos os que estiveram envolvidos na desgraça que caiu sobre a sua família. Exterminou os Frey, e seguiu para Winterfell onde se reencontrou com Brienne, Sansa e Bran. Juntamente com os irmãos, matou Petyr Baelish. Arya sempre foi destemida e corajosa, e graças a isso conseguiu sobreviver. E, tudo o que aprendeu e o que é, torna-a uma peça importante na guerra que se aproxima. Irá se reencontrar finalmente com Jon, e também com Gendry. E talvez com Nymeria? Será que ela irá gostar de Daenerys? E como irá reagir quando descobrir a verdade sobre Jon? Acho que para ela será indiferente. Será ela a cumprir a profecia valonqar e a matar Cersei? Certo é que não quero que Arya morra, os Stark já sofreram o suficiente, e pelo menos merecem ficar juntos em Winterfell e usufruir da companhia uns dos outros.

E, com as previsões destas personagens chegamos ao fim. Cada uma delas terá o seu final, mas nós as três sem dúvida que torcemos pela sobrevivência e felicidade (na medida do possível, estamos a falar de Game of Thrones) de Jon Snow e Arya Stark. Cersei Lannister é uma das melhores personagens mas concordamos que o seu reinado tem de chegar ao fim.
Mas, fiquem atentos, pois mais conteúdo sobre “Game of Thrones” está a caminho.

“Game of Thrones” Personagens influentes – Parte 4

 

Artigo GOT - parte 4

Mais uma semana passou, e já vamos para a quarta parte desta saga, sendo que esta semana saiu mais um trailer para alimentar ainda mais a vontade dos fãs e nos deixar a desesperar para que Abril chegue rápido.

Neste artigo especulamos sobre o destino das principais personagens: Daenerys Targaryen, Jaime Lannister e Tyrion Lannister. Será a mãe dos dragões capaz de sobreviver à batalha e tornar-se Rainha dos 7 Reinos? Terá sorte no campo amoroso? Depois da decisão de Jaime no último episódio, será bem aceite longe de Cersei? Qual será o propósito de Tyrion? Fez uma proposta à irmã no último episódio, será que vai trair Daenerys? As teorias começam a rolar e já estamos a contar os dias para descobrir a verdade.

Daenerys Targaryen

Daenerys-Targaryen

Conhecida simplesmente por Dany ou Mhysa e mais complexamente por Daenerys of the House Targaryen, the First of Her Name, Daenerys Stormborn, The Unburnt, The Breaker of Chains, The Mother of Dragons, The Queen Across the Sea, … entre muitos outros nomes, esta é uma das personagens mais importantes e com mais impacto em toda a história, bem como a detentora de mais títulos. Irmã mais nova de Rhaegar e Viserys Targaryen e filha única do Rei Aerys II (Mad King) com a sua irmã e mulher, a Rainha Raella Targaryen, que foram expulsos do Trono de Ferro durante a rebelião de Robert Baratheon, estando a mãe grávida dela, fugiram para a ilha de Dragonstone, casa ancestral dos Targaryen, para escapar a Robert. Esta nasceu durante uma noite de tempestade, daí o nome Stormborn e a mãe acabou por morrer pouco depois, deixando-a órfã, sendo depois levada para o exilo com o seu irmão, estes acabaram em Pentos, este vendeu-a para se casar com Khal Drogo dos Dothraki, em troca de um exército, durante este casamento, esta recebe um presente especial, três ovos de dragão, o início deste casamento foi complicado para ela, mas conseguiu ultrapassar isso e comandar a seu lado, chegando mesmo a engravidar deste. No meio deste processo o irmão dela acaba por ser morto por Drogo, com ouro derretido derramado sobre a cabeça. Drogo acaba por morrer e o filho destes nasce deformado e morto, durante o funeral em que queima o corpo destes, coloca os ovos de dragão, acabando por ali nascer os pequenos e fofos dragõezinhos, fazendo todos reconhecerem-na e seguirem-na como rainha.
Depois disto passou ainda por muitos maus bocados na tentativa de levar o seu exército para Westeros, procurando barcos para fazer a travessia, desde o conselho dos treze em Pyat Pree, em que chegaram a sequestrar os seus “filhos” na House of the Undying, após o reencontro em que estes cospem fogo pela primeira vez, escapando de Qarth para Astapor. Ela consegue um exército de Unsullied e encontra Missandei que a partir daí sempre a acompanhou, ordenou-os a matar os mestres e soltar todos os escravos, dominando Astapor, durante a viagem para Yunkai, Grey Worm foi o eleito como representante dos Unsullied e acabou por depois também libertar todos os escravos de Yunkai. No caminho para Meereen ela vê crianças escravas mortas e crucificadas, 163 no total e ordenou que fossem enterradas dignamente, acabando depois por fazer o mesmo aos mestres dali. Decide governar Meeren, Jorah chegou até a ser exilado, os dragões tornaram-se difíceis de controlar e assim esta teve mesmo de os prender.
Esta acaba por ter a seu lado Tyrion (como Hand dela) e Jorah como conselheiros, alia-se a Yara e Theon Greyjoy que providenciam navios em troca de ajuda para derrotar o tio Euron Greyjoy e assim foi para Westeros com os Dothraki, Ironborn, Dornishmen, Reachmen, e Unsullied. Esta também tem Melissandre e Varys a seu lado também, ordenou Jon Snow (Rei do Norte) a ir ter a Dragonstone para se ajoelhar perante esta e reconhecê-la como rainha, este recusa, acaba por dar a conhecer a situação a norte da muralha e esta deixa fazer armas de dragonglass. Os Tyrell chegaram mesmo a aliar-se a esta, mas Ollena acabou por morrer, esta atacou Euron mas falhou, queimou o exercito de Tarly-Lanister, entretanto Jorah e Jon vão para norte para trazer provas da existência dos walkers, ela chega mesmo a ir lá ter, mesmo contra todos os conselhos para salvar Jon, perdendo mesmo um dos seus dragões, Viserion, morto pelo Night King, depois disto Jon jura lealdade a Daenarys. Acabamos por ver Daenerys a chegar a Dragonpit, transportada por Drogon, para a reunião com Cercei e todos os outros representantes dos diversos territórios de Westeros em que esta após ter recusado, acabou por aceitar ajudar. Daenerys navegou com Jon para norte, acabando por se envolverem. Momentos mais tarde descobrimos que eles são na realidade tia e sobrinho, mas isso ainda não é de seu conhecimento, o que será que vai acontecer quando descobrirem sobre isto?
Será que a suposta infertilidade desta vai ser superada e vai dali nascer um herdeiro Targaryen-Stark? Conseguirá Daenerys lutar contra o que aí vem e manter os seus restantes “filhos” a salvo?

Tyrion Lannister

1

Posto de parte desde que nasceu, Tyrion utiliza o argumento e inteligência como defesa. A “ovelha negra” da família Lannister. Por isso está habituado a não ser amado. Não tem receio de dizer o que pensa na cara, e talvez por isso, esteja sempre a ser acusado. Culpado de ter empurrado, Bran Stark da torre, Catelyn Stark, coloca-o em julgamento no Ninho da Águia. Bronn ajuda-o no combate, e conquista a sua liberdade. Tyrion volta para King’s Landing, onde se torna a Mão do Rei. Sobre a tutela do pai, desobedece a todas as suas ordens. No entanto torna-se uma grande ajuda na ameaça à coroa do sobrinho. Por tal o pai reconsidera-o como tesoureiro real. Vive um forte relacionamento com Shae, a aia da sua esposa Sansa. No entanto quando é acusado injustamente da morte de Joffrey, a sua amante culpa-o de tudo. Exigindo novamente uma libertação por combate, Tyrion não consegue prever mais solução. Oberyn Martell oferece-se como seu cavaleiro, mas morre em batalha. Certo que também vai morrer, Tyrion confessa ao seu irmão a verdade, que não está envolvido. Este ajuda-o a escapar. Mas antes Tyrion assassina o pai a sangue frio e Shae, pois descobre que tudo foi uma façanha entre ambos, pois eram amantes Convidado por Varys, viaja até Meeren para conhecer a lenda, Daenerys Targaryan. Provando a sua confiança em várias situações com o seu discurso fluente, Tyrion é congregado a Mão da Rainha. Uma forte ajuda para Daenereys na conquista ao trono. No reencontro com a sua irmã Cersei, a rainha, para o facto de todos juntos derrotarem os White Walkers que rapidamente se aproximam, Tyrion faz-lhe uma proposta. A verdade é que não sabemos o que foi conversado entre os irmãos. Acredito que está relacionado com o bebé por nascer de Cersei. Será que Tyrion prometeu o trono à criança? Será que vai trair Daenerys? Ou terá mentido à irmã na sua proposta?

Jaime Lannister

gn-gift_guide_variable_c

Conhecido como o “Regicida”, Jaime Lannister sempre foi visto com desconfiança, por ser considerado um cavaleiro sem honra. Já que matou quem jurou proteger (embora tivesse uma razão válida para o fazer). Mas, também visto com inveja pois é irmão da Rainha Cersei Lannister, e cavaleiro da Guarda Real. Conhecemo-lo quando atirou Bran Stark para a morte, e julgamo-lo vilão a partir daí. Sempre foi deveras influenciado por Cersei, mas depois de ter passado por um cativeiro, ter conhecido Brienne e ter ficado sem uma mão, ele mudou gradualmente. Salvou Tyrion da morte certa e tenta agora honrar o acordo que fez ao se juntar à causa nortenha na luta contra os white walkers. Irá se reencontrar com Arya, Bran e novamente com Brienne. Será que Jaime irá cumprir a profecia do valonquar e matar Cersei? Será que terá oportunidade de viver um novo amor com Brienne? Pouco provável. Certo é que Jaime Lannister está em alta nas apostas das personagens com mais probabilidade de morrer. Contudo, acho que se isso acontecer, será uma morte digna e honrada, de forma a tornar-se também ele um exemplo para os futuros cavaleiros.

E à medida que a data de estreia desta última temporada se aproxima, a curiosidade vai aumentando exponencialmente e cada imagem e vídeo publicado pela HBO vai sendo analisado ao detalhe para tentar prever o que vai acontecer.
Qual será o destino de todas estas personagens?
Na próxima semana teremos mais um artigo desta saga, que será o último desta sequência, quem serão os escolhidos?

“Game of Thrones” – Personagens Influentes – parte 3

GoT - Parte III - post

Nova semana, novo grupo de personagens. Sansa Stark, uma das personagens que mais mudou durante a história, será que no final irá finalmente se sentir livre e feliz? Theon Greyjoy é outra personagem que mudou bastante desde que o conhecemos no primeiro episódio. Sem dúvida, que fará de tudo para salvar irmã, se irá sobreviver isso já são outras suposições. Já Brienne of Tarth sempre foi igual a ela própria, destemida e honrada. Sem dúvida que será um elemento importante na guerra que se avizinha. O que vai acontecer a estas personagens? Lê e descobre.

Sansa Stark

sansa-stark-evolucao-game-of-thrones-1024x682

Criada como uma donzela, a filha mais velha dos Stark, sonhava com um casamento e um príncipe encantado. Com a mão prometida a Joffrey e futuro rei, Sansa viaja para o Porto Real. Tudo muda com a morte do rei Robert. Com atitudes impassíveis e sádicas, Joffrey executa o pai de Sansa mesmo à sua frente. Abusada pelo futuro marido e prisioneira na cidade, Sansa tornar-se cúmplice de “Mindinho” que promete uma saída segura daquele local. O seu casamento com Joffrey é anulado, mas outro surge novamente. Sansa é obrigada a casar com Tyrion Lannister. O ódio de Sansa pelos Lannister aumenta, quando descobre que assassinaram o irmão e a mãe no casamento vermelho. Consegue escapar da cidade através de um plano para matar o rei Joffrey. Com a ajudo do Lorde Baelish, viaja para o Vale de Arrys, onde está a sua tia. Pouco tempo lá esteve. Lysa, tinha ciúmes de Sansa e do seu relacionamento com o Lorde Baelish. De volta a Winterfell e sua casa, Sansa volta a casar. Ramsay Bolton será o seu marido, o triplo de cruel comparando com Joffrey. Na sua noite de núpcias foi violada, as suas atitudes sádicas só pioraram de dia para dia. Decide fugir daquele local horrível juntamente com Theon. Reencontra-se com o seu irmão Jon Snow e convence-o a expulsar Ramsay de Winterfell. Sansa tem uma forte influência na Batalha dos Bastardos, quando ajuda o meio-irmão. Depois da morte de Ramsay, Winterfell volta a ser novamente dos Stark. Torna-se “Lady de Winterfell” e reencontra-se com os irmãos Bran e Arya. Sansa Stark será uma forte influência na Batalha Final, perdeu a confiança no amor, mas tornou-se numa mulher mais forte. Como ainda está legalmente casada com Tyrion, poderá continuar com ele, mas apenas como companheiro. Acredito que Sansa irá sobreviver e governar Winterfell.

Theon Greyjoy

Theon_Season_7

Acho que não serei a única ao confessar que Theon Greyjoy nunca despertou muita confiança, apesar de ser quase como um filho para Ned Stark e um irmão para Robb Stark. Acho que essa desconfiança também provinha da forma como ele tratava Jon. Depois do aprisionamento e morte de Ned, Theon foi dos primeiros a proclamar Robb como Rei do Norte. Contudo, tudo não passaram de palavras ocas. Ao voltar para a sua casa, as Ilhas de Ferro, Theon reencontrou-se com o pai e a irmã, que não são fãs dos Stark ou do Norte. Plano? Theon, de forma a agradar ao pai, atacou Winterfell e proclamou-se senhor de Winterfell, não deixando alternativa para Bran e Rickon de fugir da sua própria casa. Mas, como what goes around comes around, Theon cruzou-se com Ramsay Bolton. Primeiro Ramsay fingiu ser seu aliado, mas depressa o cenário mudou. Theon sofreu uma tortura imaginável às suas mãos, tornando-o uma sombra da pessoa que foi. É como Reek que Sansa o reencontrou em Winterfell. Depois de um primeiro momento em que sucumbiu ao medo e influência de Ramsay, Theon fugiu com Sansa de Winterfell. Theon partiu depois para casa, com a finalidade de apoiar a pretensão da irmã ao trono de sal. Contudo, apareceu Euron Greyjoy, que os ameaçou. Theon foge com Yara e juntaram-se à causa de Daenerys Targaryen. Numa emboscada, Theon sucumbiu ao medo e fugiu, deixando a Yara á mercê de Euron. Depois de uma conversa frontal com Jon, Theon ganhou forças para resgatar Yara. Será que vai conseguir? Ou será que mais uma vez vai-se acobardar? Sobreviva ou morra, acho que Theon terá oportunidade de se redimir e tentar remediar os erros do passado.

Brienne of Tarth

maxresdefault

Uma guerreira, alta e pouco amistosa, mas com uma força equivalente à dos homens mais fortes, literalmente uma mulher de armas, a única herdeira do Lord Selwyn Tarth de Evenfall Hall, na ilha de Tarth.Ela é uma mulher invulgarmente musculada e alta, com gosto pela luta desde criança, sonhando tornar-se numa cavaleira.
Começou como escudeira do rei Renly Baratheon, que acabou assassinado pouco depois pela criatura que Melisandre criou, quando todos a julgavam culpada, Catelyn Stark ajudou-a a fugir, fazendo com que ali Brienne lhe fizesse um voto de lealdade, tornando-se na sua espada. Catelyn pediu depois para esta levar Jaime Lannister, que era prisioneiro dos Stark, como moeda de troca pelas filhas que estavam sequestradas em Kings Landing, durante este percurso Jaime e Brienne tiveram muitos momentos, não se entendiam inicialmente, mas depois deste a proteger de uma violação e este acabou mesmo por perder a mão pouco depois, cresceu ali uma admiração um pelo outro, que poderá vir a ser um amor?
Entretanto Catelyn foi morta, Sansa é agora cunhada de Jaime e Arya parece estar desaparecida, mas esta mantém a sua promessa para com Catelyn. Sansa foge de Kings Landing e Jaime pede a Brienne para encontrá-la e levá-la para um lugar seguro, longe da sua irmã e ali oferece-lhe uma nova armadura e a sua espada de Valyrian Steel, que ela nomeou de “Oathkeeper”, como presente de despedida, bem como o escudeiro de Tyrion, Podrick Payne. Esta e Podrick vão em direção a Castle Black em busca de Sansa, mas acabam por descobrir pistas que levam até Arya, que estará acompanhada por Sandor Clegane (Hound), esta acaba por fugir durante a luta entre os dois.
Entretanto esta conseguiu matar o culpado pela morte de Renly, Stannis Baratheon, voltando para salvar a Sansa e depois levou-a para a segurança do seu meio irmão Jon Snow em Castle Black. Ela conseguiu cumprir o seu dever por completo para com Catelyn Stark ao ter Sansa, Arya e Bran em Winterfell juntos. Durante um dos treinos com Podrick ainda fez uma pequena luta com a Arya e a sua espada “Neddle”, chegando a um bom empate. Ela depois foi enviada por Sansa para Kings Landing para negociar com a Cercei, sendo que de seguida chegam Jon Snow e Daenerys Targaryan, ou seja ela esteve presente quando Cercei inicialmente recusou ajudar, mas no final pareceu que afinal iria ajudar.
Qual será o papel de Brienne nesta nova temporada? Será que as coisas entre ela e Jaime vão evoluir?

Sem dúvida que ninguém ficará indiferente ao final destas três personagens, resta-nos especular sobre o destino e o impacto destas na temporada que está para vir.
Vamos descobrir mais sobre outras personagens no próximo artigo da saga, curiosos para saber quem são?
Fiquem atentos e até para a semana.

Game of Thrones – Personagens influentes – Parte 2

GoT - parte 2 - header

Depois da primeira ronda de suposições sobre o final de “Game of Thrones”, os dados foram lançados novamente. Nesta semana descobre o que já aconteceu e ainda vai acontecer a estas personagens: Tormund, Varys e Bran. Será que Tormund está vivo? Sabemos que Varys não é de confiar, o que vai tramar a seguir? Será que Bran vai contar a verdade a Jon Snow sobre as suas origens? Lê e descobre.

Tormund Giantsbane

maxresdefault

Tormund é um guerreiro muito reconhecido pelo Free Folk (Os selvagens), que vivem do outro lado da Muralha, este é um dos líderes que seguia e reconhecia Mance Rayder, como o rei para lá da muralha, aquele que os lideraria na Long Night (a noite longa). Após Mance ser morto, ele passa a ver Jon Snow como este líder e segue-o.
Apaixonou-se por Brienne mal a viu e isto deu origem a alguns momentos mais engraçados, numa série por vezes demasiado séria, como por exemplo os seus olhares descarados para ela e mais tarde o diálogo com o The Hound – Sandor Clegane, contando o seu interesse por esta. Será que este romance entre Tormund e Brienne se vai desenvolver? Este quase morreu na luta com os White Walkers naquela “ilha de gelo no final”, acabando mesmo por ter sido salvo por Sandor Clegane. No último episódio este estava na muralha, quando o exército liderado pelo Night King, que usa o seu novo dragão ressuscitado, Viserion, para a destruir, Tormund mandou todos correrem e em seguida vemos o rasto de destruição, ficando uma questão para esta temporada: Será que o Tormund sobreviveu?

Varys

82d80e0d0f29c0d08a02f6ea342c40501b7216df2906e6c3920f397560a98883

Varys, a “Aranha” ou “Mestre dos Sussuros”, sempre foi das personagens mais misteriosas da série. Originário da cidade livre de Lys, foi vendido pelo seu mestre a um feiticeiro que o submeteu a um ritual macabro e que o mutilou para a vida. E, deixou-o para morrer. Contudo, conseguiu sobreviver. Depressa percebeu o poder que os segredos e informações poderiam ter como forma de chantagem. Juntou-se a Illyrio, e depressa ganharam fama graças à rede de informadores que disponham. E, foi dessa forma que foi convidado para o conselho do rei Aerys II. Varys percebeu qual o poder que uma informação podia ter no jogo político do poder. Também serviu como conselheiro do rei Robert Baratheon e, depois do seu suposto filho Joffrey Baratheon. Varys é manipulador e astuto, mas diz que o que faz é para o bem do reino. Realmente, ele tentou avisar Ned Stark das verdadeiras intenções de Cersei, e tentou chamá-lo à razão quando foi preso, ajudou Gendry a fugir das garras da mesma e ajudou também Tyrion, depois de ele ter morto o pai. Se ele fez por motivos altruístas ou egoístas não sabemos. Também ele fugiu com Tyrion, e juntaram-se a Daenerys Targaryen e à sua causa. É verdade que Varys conspirou com Illyrio para apoiar a causa Targaryen, por isso não foi grande surpresa quando se juntou a Daenerys. Não gosta de Melisandre e sempre se mostrou céptico em relação a profecias e visões. Devido também ao que lhe aconteceu no passado. Melisandre vaticinou a sua morte, que ele iria morrer em Westeros. Como irá morrer então o mestre dos sussurros? Por traição ou por sacrifício? E como irá reagir à pretensão de Jon ao trono, será que irá apoiar agora Jon, e destronar Daenerys? Ou terá planos para o proscrito Gendry? Certo é que Varys será uma das personagens que quase de certeza que irá morrer nesta última temporada.

Bran Stark

game-of-thrones-season-7-episode-4-07

Dos filhos mais novos dos Stark, Bran em criança era um aventureiro. A sua vida mudou quando descobriu um grave segredo na torre, enquanto fazia escalada. Empurrado por Jamie Lannister que foi apanhado no acto com a irmã, caiu. Não morreu, mas perdeu a capacidade de andar. Após a morte do seu irmão. Rob, Bran tornou-se o senhor de Winterfell, mas o seu posto estava ameaçado. Theon Greyjoy decidiu conquistar o local e reivindicar o título. Bran conseguiu escapar do palácio que outrora fora seu. Hodor transportava Bran durante todo o caminho. Dirigiam-se para norte, mas encontraram-se com Jojen e a sua irmã. Jojen era um sensitivo tal como Bran, e ajudou-o a compreender essas habilidades. Tal é explicado quando conhece o Corvo dos Três Olhos, que aparecia nos seus sonhos. Um dos poderes de Bran é a capacidade de conseguir visões sobre o passado e assim descobrir a verdade. Foi num desses momentos que descobriu a verdade sobre as origens de Jon Snow. Bran Stark torna-se o próximo Corvo dos Três Olhos e terá a missão de controlar os seus poderes, antes dos White Walkers conquistarem os Sete Reinos. Volta para Winterfell, agora governada pelos Stark e reencontra-se com as irmãs, Arya e Sansa. A indiferença de Bran tornou-se evidente. A sua personalidade vívida perdeu-se. Agora tornou-se somente num vidente e segue essa missão com afinco. Na sua última visão, assistiu à chegada dos White Walkers à Muralha do Norte com um dragão morto-vivo a cuspir fogo azul. Bran será uma personagem importante para alinhar o destino de Jon Snow e Daenerys Targaryan e o ponto-chave para governar os Sete Reinos está nas suas visões.

Os dados estão lançados para o final da série mais épica. Descobrimos que desde o início de “Guerra dos Tronos” não podemos adorar uma personagem. Mas será que que a tua favorita vai sobreviver. Descobre durante as próximas semanas as suposições das bloggers BeautifulDreams, MoreThanEntertainment e Tagarela Geek.

 

 

Game of Thrones – Personagens influentes – Parte 1

Crítica Conjunta - GOT - Parte 1

Quem é fã de “Game of Thrones” espera com ansiedade e curiosidade o mês de abril, o mês da estreia da última temporada. Foi uma longa jornada, e quase parece mentira que a série vai acabar, mas o momento está a chegar. Uma série que sempre despertou emoções fortes e que se sempre se distinguiu de outras séries pela sua qualidade na realização e no argumento. E, pela inconfundível banda sonora.

Então, como fãs fiéis e acérrimas de “GOT” (BeautifulDreams, MoreThanEntertainment e Tagarela Geek), resolvemos fazer um pequeno resumo das personagens mais relevantes, e tentar adivinhar o que as espera no futuro. Pois, não faltará muito para lhes dizermos adeus.

Este é apenas o primeiro de uma série de artigos que vamos publicar ao longo das próximas semanas, cada um focando-se em três personagens diferentes, contando um pouco do seu percurso no decorrer da série e deixando algumas questões sobre o qual será o seu destino nesta última temporada que se avizinha.

Assim sendo, aqui vão as personagens escolhidas desta semana.

Jorah Mormont

image

Começou como um conselheiro de Daenerys, mas trabalhava duplamente como um espião de Varys. Um misto de sentimentos começaram a surgir. Tinha o seu dever para o Reino, mas por outro começou a apaixonar-se fortemente por Daenerys. Não demorou muito até a khaleesi descobrir as verdadeiras intenções da sua missão. Decidiu exilar o seu braço direito, aquele que lhe tinha prometido estar ao seu lado enquanto conquistava o Trono de Ferro. Sozinho, Jorah procura uma forma de conseguir voltar para a sua rainha. Encontra Tyrion no caminho e considera uma excelente oferta para receber o perdão e voltar para junto de Daenerys. Numa emboscada é infectado pela doença da pedra. Uma doença lenta, mas fatal. Volta para Meeren e salva Daenereys de ser assassinada e do conflito entre os Filhos da Harpia. Sensibilizada com esta ação, a Mãe dos Dragões, promete que só o aceita de volta se conseguir encontrar a cura para a sua terrível doença. Jorah assim o faz. Viaja a Westeros, onde por acaso encontra Sam Tarly que consegue eliminar a infeção. Decidido a ajudar Daenerys na sua jornada do direito de nascença para a Coroa dos Sete Reinos, Jorah volta para o seu lado. Sobre o seu destino, acredito que esta personagem continuará até ao final. Muitos acreditam que irá sacrificar-se por amor na batalha, ou então pode manter-se de coração destroçado, após a morte da sua amada (se isso acontecer). Uma coisa é certa, Jorah Mormont será fiel até ao fim a Daenerys.

Gendry

705_Gendry_Warhammer

O filho bastardo de Robert Baratheon é um favorito dos fãs. De origem humilde e ferreiro de ocupação, Gendry não sabia quem era o pai, mas mesmo assim o caos do jogo dos tronos veio-lhe para à porta. Leal, justo e amigo do seu amigo, Gendry conheceu Arya Stark quando os dois fugiam de King’s Landing num grupo que supostamente se juntaria à Patrulha da Noite. E, assim se tornaram amigos. Quando se juntou à Brotherhood without banners, o seu objetivo era defender e ajudar aqueles que mais sofriam com a Guerra dos Cinco Reis. Mas, mal imaginava que ia ser vendido a Melisandre. Ora, Melisandre precisava do seu sangue real para as suas magias. Mesmo depois de conhecer o sobrinho, Stannis Baratheon não amoleceu e queria matá-lo. Com a ajuda de Davos, Gendry fugiu. Esteve algum tempo ausente da história, até que Davos foi recrutá-lo para a guerra que se aproxima. Onde o encontrou? Mesmo debaixo do nariz de Cersei a forjar armas para os inimigos do pai. Seguiu com Davos para Dragonstone onde conheceu Jon Snow, e depressa simpatizaram um com o outro. Gendry fez parte da excursão ao norte da muralha e foi ele que correu como não houvesse amanhã para pedir ajuda. Gendry deve fazer parte do grupo que se encaminha para Winterfell, e irá se reencontrar com Arya. Gendry poderá ser um elemento importante na guerra que se adivinha, pois tem o seu valor como soldado. Mas, há quem acredite que, mesmo sendo bastardo, é ele o legítimo herdeiro do trono de ferro. Acho que isso nem lhe passa pela cabeça. Já outros fãs torcem para que ele e Arya se tornem um casal. Seja o que for que lhe aconteça, gendry não está livre de também ser uma das baixas da guerra, pois sem dúvida iria ser sentida pelos fãs.

Euron Greyjoy

2

Capitão do navio Silence, o principal da frota de Ferro (Iron Fleet), tio de Theon Greyjoy e dos restantes Greyjoys, filhos de Balon, que era então rei do Salt Throne, Euron acabou por matá-lo, o seu próprio irmão e tomou o trono para si com o apoio de muitos Ironborn e persegue Yara e Theon, que entretanto se aliaram com Daenerys Targaryen.
Foi até Kings Landing, a convite de Cercei Lannister, à qual se aliou e fez tudo o que ela pediu em troca de uma promessa de casamento com ela.
Na mítica batalha da baía de Blackwater, em que enfrentou a frota de Daenerys, este conseguiu capturar Yara e Theon, tendo-os como reféns e Ellaria Sand, como um presente para a sua amada Cercei, matando as filhas desta com o príncipe Oberin Martell (Obara e Nymeria Sand) como uma vingança pela morte da filha de Cercei, a Myrcella Baratheon.
A última vez que o vimos, este tinha visto pela primeira vez um white walker, decidindo ali que eram demasiado perigosos para enfrentar frente a frente, perguntando mesmo ao Jon Snow se estes sabiam nadar, decidindo assim levar a sua frota para trás. Parece que revelou aqui o seu lado covarde, no entanto a Cercei comentou com o Jaime que este estava a caminho de Essos para transportar a Golden Company de volta para lutar por ela.  Será que este vai conseguir? Ou irá morrer nesta aventura?

Na próxima semana a saga continua com mais três personagens, quem serão? Aguardem pelo próximo artigo e descubram.